Marketing de ConteúdoMarketing de Influência

Em um mundo onde a atenção do consumidor é prioritária e as instituições de longa data de mídia digital não podem se dar ao luxo de manter suas portas abertas, por que todo site de negócios profissional apresenta um blog?

Se os leitores não estão dedicando alguns minutos do dia às publicações em que mais confiam, o que faz as empresas pensarem que alguém vai gastar seu tempo lendo os artigos obviamente focados em marketing em seu blog?

Para resolver esse enigma, precisamos dar um passo atrás e entender para que realmente serve um blog de negócios. Vamos dar uma olhada em quatro tipos distintos de blogs corporativos.

Os quatro tipos de blogs corporativos são:

  • O hub de notícias
  • O Blog do Conteúdo em SEO
  • O líder de pensamento
  • O Blog da Marca de Mídia

Esses tipos de blogs são listados acima em ordem de complexidade e custo, e a maioria das empresas que alcançam o estágio de “marca de mídia” já passou, em algum momento, pelos três anteriores.

No entanto, embora seja tentador colocar esses blogs em ordem em algum tipo de escala de maturidade, cada um tem um propósito único e pode ser a melhor opção para o seu negócio.

 

O hub de notícias

 

É aqui que muitas empresas começam com seus blogs corporativos. Eles usam esta seção de seu site como um depósito para atualizações de produtos, comunicados à imprensa, detalhes de feiras, anúncios de pessoal e discursos de premiação.

Como identificá-lo: como regra, os blogs de hub de notícias tratam de um tópico: a própria empresa.

Uso: para empresas que buscam atrair investidores ou se comunicar com os acionistas, o despejo de notícias pode ser uma boa maneira de deixar o mundo externo saber o que está acontecendo nos bastidores. Notícias sobre mudanças importantes ou atualizações de produtos também podem ser usadas para reconquistar leads perdidos ou ex-clientes, especialmente quando usadas em uma campanha por e-mail.

Desvantagens: os blogs centrais de notícias são como primeiros encontros ruins: eles apenas falam sobre si mesmos.

Exemplo: Cataguases

 

O Blog do Conteúdo em SEO

 

O blog de otimização de mecanismo de pesquisa (SEO) é a base da maioria das estratégias de marketing de entrada de sucesso.

Usando postagens de blog escritas em torno de palavras-chave cuidadosamente selecionadas, esses tipos de blogs atraem o público das páginas de resultados de pesquisas. Eles são (em teoria, pelo menos) projetados para fornecer informações relevantes sobre um assunto específico e são menos propensos a serem navegados em um índice como um site de mídia tradicional.

Como identificar: os blogs de SEO geralmente apresentam uma abundância de lista de ações (por exemplo, “7 coisas para fazer no feriadão”) Eles geralmente favorecem o conteúdo “como fazer”.

Uso: para empresas em setores que ainda não adotaram o marketing de mecanismo de pesquisa, o blog de SEO ainda é uma ótima maneira de direcionar o tráfego. Por exemplo, obtivemos ótimos resultados ao criar conteúdo focado em palavras-chave para um cliente na indústria de manufatura têxtil pensando fora da caixa. Só porque muitas postagens de blog com foco em SEO podem não cumprir a promessa de seus títulos, não há nenhuma regra que diga que você tem que usar freelancers de baixo custo ou uma fazenda de conteúdo para concluí-los. Uma redação cuidadosa e bem pesquisada não apenas atrai tráfego para o seu site, mas também dá a eles uma razão para ficar. Ter muito conteúdo de blog de alta qualidade pode aumentar a autoridade geral do domínio, auxiliando outros esforços de SEM.

Desvantagens: o blog de SEO pode ser um espaço muito lotado. Dependendo do seu mercado, pode levar muito tempo ou muito dinheiro para que funcione. Para garantir um forte retorno, você precisará de um parceiro de marketing de conteúdo muito experiente.

Exemplo: OS Vacation

 

O líder de pensamento

 

Um blog de “líderes inovadores” é repleto de conteúdo que visa influenciar outras pessoas por meio de artigos baseados em opinião.

Blogs dessa variedade frequentemente tentam se tornar destinos de navegação, com o tráfego de pesquisa se tornando uma prioridade secundária. Seu conteúdo também é um ótimo alimento para newsletters e sequências de e-mail de longo prazo.

Como identificar: um artigo de liderança inovadora geralmente assume uma posição firme sobre um assunto polêmico (por exemplo, “Como ganhar dinheiro online em 1 mês”) Essas publicações geralmente assumem um nome editorial além do nome de sua marca.

Uso: quando funciona, uma estratégia de liderança inovadora pode dar influência ao seu negócio e ajudar a ganhar a confiança dos clientes. Se sua liderança inovadora for boa o suficiente, há uma chance de seu conteúdo ser compartilhado por outras pessoas.

Desvantagens: a liderança inovadora, como o nome indica, requer um verdadeiro líder inovador para pelo menos sugerir tópicos e orientar a criação de conteúdo. Freelancers e agências não são substitutos para especialistas em uma área, mas podem ajudar a transformar sua experiência em um programa de conteúdo robusto.

Exemplo: Viver de Blog

 

O Blog da Marca de Mídia

 

Algumas empresas atingem um nível na evolução de seus blogs em que os únicos participantes que restam para imitar são as marcas de mídia reais, não os blogs corporativos.

Demonstrando as linhas cada vez mais tênues entre negócios e jornalismo, esses blogs costumam ser quase indistinguíveis de sites populares de mídia digital como Globo Esporte, Uol, Folha e muitos outros. Eles têm jornalistas na equipe, editores executivos com experiência em mídia digital, conteúdo estilo entrevista e web design de alta qualidade.

Como identificar: blogs de “marcas de mídia” geralmente vivem em um domínio separado de suas marcas e são (pelo menos na superfície) totalmente separados dos funis de vendas e marketing da marca. Eles geralmente apresentam design e UX exclusivos.

Uso: varia. O CartolaFC por exemplo, é um blog dentro do GloboEsporte focado em conteúdo para incentivar as vendas do CartolaPro.

Desvantagens: esta abordagem requer recursos que podem estar fora do alcance de muitas empresas (por exemplo, uma equipe de jornalistas e web design personalizado). Também é difícil medir o sucesso sem um programa sofisticado de análise de marketing, pois não há vínculo direto com marketing e vendas.

Exemplo: Globo Esporte

Espero que tenham gostado da leitura, e se tiver alguma dúvida não hesite em entrar em contato com nosso time.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment